A dor do abandono: em Brusque, idosa é deixada na porta do asilo; assista

Uma idosa foi abandonada na porta de um lar para idosos particular, na noite de quarta-feira (11) em Brusque, Santa Catarina. Ela não soube dizer à Polícia Militar sua idade.

O asilo acionou a PM para denunciar abandono de incapaz. A Polícia Civil vai investigar o caso. A mulher foi levada de volta para Tijucas no dia seguinte, pelos familiares que a abandonaram na porta do asiolo.

As câmeras de segurança flagraram um veículo vermelho chegando ao asilo às  23h46. A mulher aparece saindo com uma sacola na mão pela porta de trás, outra pessoa desce do carro e abre o porta-malas para entregar o restante da bagagem a ela.

Ela segue em direção ao portão da instituição enqunto o carro vai embora. Ela fica olhando e continua caminhando sozinha até o portão. A idosa toca o interfone e espera alguém aparecer. Na noite que ela foi deixada no portão, o termometro marcava 10º C.

Já no segundo vídeo a mulher aparece conversando com uma funiconária do asilo enrolada em uma manta enquanto chora. O asilo, que é particular, acionou a PM, que encaminhou a vítima ao quartel, onde a idosa passou a madrugada.

“Nós chamamos a polícia, porque é um caso de polícia. Um abandono de um incapaz é caso de polícia. Então a gente nem poderia receber porque iríamos se complicar, disse o presidente do asilo, Max Otto Reigert.

Davis da Silva, secretário de Assistência Social de Brusque, disse que a PM levou a idosa na quinta-feira (12), às 7h45 de quinta para o Centro de Referência Especializado de Assistência Social, quando localizaram e acionaram a família da idosa.

Conforme informado pelo Creas, o sobrinho e a mulher dele justificaram o abandono da idosa por falta de condições financeiras e desentendimento familiar. O Creas vai acompanhar o caso.

Assista:

Compartilhe!