Ela foi abandonada no altar e resolveu fazer algo que ninguém poderia nunca imaginar

Quando alguém pensa em casar, isso nem sempre acontece do dia para noite. Às vezes, alguns casais planejam durante anos para que nada saia errado em um dos dias que é o mais importante de suas vidas. E para a britânica Katy Colins não era diferente.

Tudo estava planejado e parecia que nada sairia errado. A festa que custou uma fortuna já estava praticamente paga, e o grande dia se aproximava. Mas o que Katy não sabia é que as coisas não seriam como ela tanto sonhava.

No dia de seu casamento, sem muitas explicações seu noivo simplesmente a abandonou no altar, deixando nela um sentimento de frustração e um completo vazio. Parecia que seu mundo tinha desmoronado.

Mas ao contrário do que muitas pessoas fariam, em vez de chorar por causa de seu coração partido e a depressão, Katy resolveu tomar uma decisão radical.
Ela deixou seu emprego, vendeu sua casa e seu carro e comprou uma passagem só de ida para o sul da Ásia, mudando as expectativas de um vida de casada pelo seu sonho de viajar.

Naquela época, ela não imaginava que pegar sua mochila para ir sozinha visitar a Tailândia, a Índia e o Nepal a levaria a realizar o sonho de infância de se tornar escritora. Katy obteve um contrato para publicar três livros com a Carina UK , uma editora digital da empresa Harper Collins.

E disse ao ‘Echo Liverpool’: “Todo mundo achava que eu era um pouco louca, especialmente porque eu nunca tinha viajado para nenhum lugar sozinha, mas eu senti que era a coisa certa a se fazer. Eu precisava de um tempo longe de tudo e de todos para me encontrar”…

Com diploma em inglês e comunicação, Katy confessou que escrever um romance é o que sempre sonhou em fazer. Ela mantinha um blog de viagens, principalmente para manter sua família atualizada com suas notícias, e isso estava ganhando público e crescendo pouco a pouco em popularidade.

“Pessoas que eu não conhecia começaram a ler meu blog e me enviaram e-mails me dizendo como fui corajosa em desistir de tudo. Então eu recebi e-mails de outros solteiros dizendo que eles liam meu blog como inspiração. O fato de seu parceiro deixar você não significa que você tenha que ouvir música triste e comer litros de sorvete “, disse Katy.

“Você pode usar [o abandono] como um catalisador para algo muito maior e melhor”.

Forget squad goals, I'm thinking clan goals #ScotSpirit

A post shared by Katy Colins (@notwedordead) on

Ao viajar pelo sudeste da Ásia e Índia, sua paixão por começar a colocar suas experiências em palavras estava se tornando cada vez mais irresistível. Conhecer lugares que ela nunca imaginou, fez com que ela pensasse em como a mudança em sua vida tinha sido incrível.

Quando sua viagem à Ásia terminou, Katy mudou de rumo para a América do Sul, onde passou seis meses, e depois morou no norte da França ensinando inglês por dois anos.

E ela vivia numa cidade costeira quando, ironicamente, no mesmo dia em que passariam três anos desde a data do seu casamento, ela recebeu notícias sobre o contrato para publicar. As viagens de Katy a inspiraram a escrever a série de romances “The Lonely Hearts Travel Club”, com três livros.

Os romances foram descritos como leves comédias românticas, algo como se ‘Bridget Jones’ fosse viajar de mochila pelo mundo. Atualmente Katy é casada com John Skiddle, ex- repórter do “Liverpool Echo” e mãe.

Veja também:

Que exemplo de superação! E você, o que faria se algo assim acontecesse? Comente, deixe sua opinião!