Família enterra seu cão atropelado, 14 horas depois eles não acreditam no que seus olhos veem; Vídeo!

O ano era 1990, exatamente no mês de outubro, quando o cão da raça Jack Russel então com 4 anos infelizmente foi atropelado por um carro próximo a casa onde morava em Severna Park, Maryland, Estados Unidos. Viola, a dona do bichinho, que se chamava Mugsy, estava trabalhando, já seu namorado, Glenn, no momento do acidente cuidava de duas crianças.

Foto/Reprodução

Glenn havia percebido que algo tinha acontecido e saiu para fora, ver o que estava acontecendo, quando se deparou com Mugsy deitado e ferido. Ele então pegou o cão que morreu em seus braços.

Ele disse que como não estava respirando e não tinha batimentos cardíacos, tinha certeza de que o cão da família estava morto

O homem então pediu que as crianças ficassem dentro da casa, para que ele levasse Mugsy para um local próximo da casa, chegando nesse lugar, Glenn cavou um buraco e enterrou o amigo de quatro patas. 

Foto/Reprodução

Ao chegar em casa, Viola foi avisada do acidente e caiu nas lágrimas, mas teve forças para ir com toda a família até a sepultura de Mugsy. Uma das filhas dela até vez uma oração que emocionou todos da família, depois disso eles voltaram para casa e combinaram que no dia seguinte fariam uma cruz de madeira em homenagem ao cão.

Mas, algo incrível e até mesmo inacreditável aconteceu. Exatamente às 5:30 da manhã, ou seja, 14 horas depois de todo o ocorrido, Viola e Glenn ouviram algo raspando a porta de entrada da casa, quando foram verificar, eles mal podiam acreditar no que seus olhos estavam vendo. Sim! Era o amado cão da família abanando o rabo para eles.

Foto/Reprodução

A pergunta que ficou: Será que Mugsy cavou o buraco sozinho para voltar para casa, ou alguém o ajudou a sair da sua “cova”? Infelizmente essa pergunta nunca foi respondida, mas felizmente o cão não ficou com nenhuma sequela e conseguiu desfrutar da sua vida normalmente.

Assista ao vídeo abaixo e entenda melhor essa história:

E você o que achou dessa história? Compartilhe com seus amigos e familiares!