Homem aprendeu da pior maneira o que não fazer se o banco depositar uma fortuna erroneamente em sua conta

Todo mundo já deve ter imaginado encontrar uma fortuna em sua conta sem mais nem menos, não é mesmo? Mas o que fazer se isso acontecer, ou melhor, o que não fazer?

Quem tem essa resposta é um australiano chamado Luke Moore, que viveu uma história dessas.

Em 2010, Luke era estudante e estava vivendo uma terrível crise financeira, e mal tinha dinheiro para sobreviver. Por esse motivo, acabou pedindo os benefícios governamentais para estudantes e lhe indicaram abrir uma conta no Complete Freedom Account, um banco que conta com proteção de saque descoberto.

Foto/Reprodução

Ele ia receber uma ajuda de custo do governo, porém, o que ele recebeu foi bem mais que uma ajuda, mas sim uma mudança imediata de vida. Ele abriu a conta e encontrou milhões de dólares depositados.

Na hora que viu aquilo, correu para um caixa eletrônico e sacou 9 mil Dólares. Percebendo que podia sacar mais dinheiro, começou a retirar de uma e depositar em outra conta, e fez isso diversas vezes.

Foto/Reprodução

Sem pudor, Luke começou a fazer viagens internacionais como para a Costa do Ouro, na Austrália e Tailândia. Além disso, ele comprou 3 carros de luxo, um Masserati, um Aston Martin e um Hyundai. Comprou também um barco, uma camisa autografada pelo Michael Jordan e obras de arte do artista Bansky.

Foto/Reprodução

Claro que ele colocou toda a sua vida financeira em ordem. Pagou todas as dividas, seguros, hipoteca da casa que estava vencida. Luke gastou uma quantia de 1,3 milhões de dólares até que.

O banco cobrou

Dois anos depois dele ter recebido a imensa fortuna do banco em sua conta, ele foi sentenciado a ter que cumprir 4 anos e meio de prisão por má-fé e mais 3 anos por usar produto de crime.

Foto/Reprodução

Porém, ele não deixou baixo e sua defesa conseguiu reverter o caso e todos os 7 anos que devia cumprir em prisão, se resumiram para 5 meses.

O tribunal acabou anulando a pena de Luke, alegando que ele não teria agido de má fé, pois o banco não havia entrado em contato nenhuma vez sequer nos dois anos, o que indicava que o banco havia errado e arcado com os prejuízos.

Foto/Reprodução

Luke foi inocentado, porém teve que devolver tudo o que havia comprado de bens materiais com o dinheiro do banco. Depois de tudo, ele só ficou com um carro de 800 dólares e agora vive com a sua mãe.

Em entrevista para o BBC, ele comentou que não sente falta daquela vida de luxo que tinha, a não ser por causa dos carros, strippers e cocaína que podia comprar.

Foto/Reprodução

Por fim, ele aprendeu e mostrou ao mundo o que não devemos fazer caso apareça uma quantia imensa em sua conta sem motivo aparente.

Jamais gaste o que não é seu de direito e evite ter que pagar por um erro dos outros. Apesar de Luke ter tido dois anos de uma boa vida, hoje perdeu tudo e terá que começar do zero.

E você leitor, o que faria se surgisse uma quantia imensa em sua conta sem mais nem menos?

Fonte: BBC