Vítima de assédio, passageira filma homem acariciando suas partes íntimas em pleno voo; Assista o vídeo!

A cabeleireira Vitória Antunes, nunca imaginou que sua viagem de Belo Horizonte para São Paulo, seria marcada por algo revoltante e nojento.

Vitória embarcou em um voo da Avianca no último domingo, 11/03, com destino a São Paulo. Seria uma viagem normal, até que um homem que estava sentado ao seu lado começou a se masturbar por cima da roupa.

Foto/Reprodução

Em sua conta no Facebook ela escreveu: “Tinha a fileira toda pra mim, mas quando as portas se fecharam, um cara saiu do lugar dele, sentou ao meu lado e começou a se masturbar por cima da calça”.

Com medo dos outros passageiros e da equipe do voo não acreditar em suas palavras, Vitória decidiu usar o celular para gravar o ato que o homem estava fazendo. Entretanto, mesmo gravando e mostrando as imagens e pedindo ajuda, nem o piloto e nem os comissários tomaram providências.

Em sua postagem Vitória descreve esse momento: “Como eu sabia que ninguém acreditaria se eu apenas gritasse, comecei a filmar, chamei a atenção dele e dos tripulantes (inclusive do piloto!), mas ninguém se mexeu para me ajudar”, contou. “Queriam que EU trocasse de lugar”.

Foto/Reprodução

Vitória afirma que somente recebeu a orientação de trocar de lugar, mas ela recusou com o argumento de que não fez nada de errado e quem teria que sair era o homem.

Assim que chegou em seu destino, Vitória foi imediatamente fazer uma reclamação para a companhia área Avianca e também pretende ir a polícia fazer uma denúncia, munida das imagens que gravou.

Sua primeira publicação sobre a denúncia foi retirada da rede social por algum motivo, então Vitória fez uma outra postagem; vejam:

Posted by Vitória Antunes on Monday, March 12, 2018

Aqui temos o vídeo que Vitória gravou do homem se masturbando ao seu lado:

Alguns comentários de sua primeira postagem:

Foto/Reprodução

Vejam a nota que a empresa publicou depois da repercussão do caso:

NOTA DA AVIANCA
“A Avianca Brasil esclarece que, em relação a ocorrência no voo 6145 CNF-GRU,  está investigando internamente o ocorrido e tomará as medidas cabíveis.

A companhia reforça que repudia veementemente todo tipo de comportamento inadequado de qualquer indivíduo que voe com a empresa.”

A empresa está sendo duramente criticada pela falta de preparo de seus funcionários para questões como essas. De acordo com Organização Internacional do Trabalho (OIT), em todo mundo, 52% das mulheres já sofreram assédio sexual. Tão importante quando a conscientização da denuncia é a conscientização em torno do atendimento para quem sofre de assédio e da punição para o criminoso.

O que você achou disso tudo? Deixe sua opinião!

A informações foram adquiridas nas redes sociais de Vitória Antunes. A nota da Avianca foi divulgada em suas redes sociais e enviada a diversos veículos de comunicação. 

Em caso de assédio, além da denúncia no local ou estabelecimento que ocorreu o fato (trabalho, supermercado, empresa área, etc.), a vítima também deve fazer a denúncia em uma delegacia, abrir um boletim de ocorrência e representar contra o agressor. É um processo longo, mas que não pode ser omitido.